Bem Vindo à Agência da Saúde - 03 de Dezembro de 2020 - 09:33

Bem-estar

A dor além do sofrimento físico

Psicologia | 00/00/0000 00h 00min

Quem não sente dor? Nem me refiro as angústias, as incertezas, aos sofrimentos de inadequação, rejeição, solidão que, às vezes mais, às vezes menos, irremediavelmente  assolam o ser humano desde o seu nascimento. Com efeito, cada vez mais profissionais consideram o fator psicogênico da dor e compartilham com a psicanálise indagações a respeito do tema e reconhecem a importância e a influência de aspectos do psiquismo em qualquer quadro clínico.

A prática da psicanálise nos ensina que uma dor intensa sempre nasce de um transtorno do EU, mesmo momentâneo e reaparecerá transfigurada em acontecimentos penosos e inexplicados da vida cotidiana sem menos esperar. O objetivo do psicanalista é buscar nas representações inconscientes a origem psíquica da dor e escutar as perturbações por ela desencadeadas.

A dor é uma emoção, uma experiência, ou um resultado dela. E mesmo “psicológica” é uma vivência real, sentida - e duramente sofrida. Seria possível traçar uma separação clara entre os tormentos que afligem o corpo e os que assombram a alma?

JULIANE ISABEL WALKER CRISTÓVÃO

Psicanalista e psicopedagoga  em Sinop

Fonte:   -

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.