Bem Vindo à Agência da Saúde - 20 de Abril de 2019 - 06:18

Bem-estar

Saúde do bebê: os cuidados começam com a gestação

Bebê | 08/04/2019 09h 39min

A preocupação com a saúde do bebê deve vir desde a barriga da mãe. Para isso é necessário que a mulher tome alguns cuidados durante a gestação. A alimentação da gestante é fundamental para o desenvolvimento da criança.

Toda futura mãe deve guardar o nome Ácido Fólico. O ácido fólico é uma vitamina do complexo B, que pode ajudar a prevenir malformações no cérebro e na medula espinhal do feto, quando ingerido antes e durante as três primeiras semanas de gravidez. 

Estudos mostram que mulheres que consomem a quantidade recomendada dessa vitamina diminuem os riscos de ter um bebê com anencefalia e espinha bífida (principal causa de deficiência física infantil). O ácido fólico também é importante para a saúde da mulher, pois previne doenças  cardíacas, certos tipos de câncer e anemia.

Recomenda-se o consumo de 400 microgramas de ácido fólico por dia. O nutriente pode ser encontrado em frutas cítricas (laranja, limão, morango, grapefruit, tangerina, pêssego, etc) e nos vegetais de folhas verdes (feijão, amendoim, brócolis, aspargos, ervilha, lentilha, brócolis, espinafre etc.). Os cereais e os grãos enriquecidos contêm uma forma sintética de ácido fólico, que o organismo absorve com mais facilidade em comparação à sua forma natural.

 

 

TRATAMENTOS E CUIDADOS
 

Após o nascimento do bebê, é necessário escolher um pediatra de sua confiança. Escolher um profissional que atenda o seu convênio médico também é um ponto importante a levar em conta.

Outro fator que pode ser decisivo na hora de escolher o pediatra é o quesito atenção.

Médicos atenciosos e que sabem ouvir a família, em geral, propiciam uma relação de maior confiança. Antes de escolher, não se esqueça de perguntar também sobre horários.

Pediatras com disponibilidade de horários alternativos são importantes para casos de emergência.

Outro cuidado fundamental é com a amamentação. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é recomendado amamentar o bebê exclusivamente com leite humano até o sexto mês de vida.

Somente após o sexto mês e a consulta ao pediatra, deve-se introduzir outros alimentos na dieta da criança, mantendo-se o aleitamento materno.
 

Fonte:   Agência da Saúde/Maria da Paz Sabino

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.