Bem Vindo à Agência da Saúde - 23 de Outubro de 2020 - 20:37

Bem-estar

Tabagismo provoca inúmeras doenças ao ser humano

Tabagismo | 21/07/2020 18h 08min

Tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde uma doença, pois a nicotina que o cigarro contém causa dependência e provoca alterações físicas, emocionais e comportamentais na pessoa que fuma. Assim, de acordo com a Classificação Internacional de Doenças, o tabagismo foi catalogado como “uma desordem mental e de comportamento, decorrente da síndrome de abstinência à nicotina” (CID10 F17.2). Uma doença crônica transmissível através da propaganda e publicidade.

 

O cigarro é uma droga que contém mais de 4700 substâncias químicas, 60 cancerígenas, e está associado a mais de 50 diversos tipos de doenças. Além disso, possui a nicotina que causa dependência e provoca alterações físicas, emocionais e comportamentais no fumante. Uma doença crônica transmissível através da propaganda e publicidade.

 

QUAIS SÃO AS DOENÇAS CAUSADAS PELO FUMO?

EFEITOS NO CURTO PRAZO:

Irritação nos olhos, manifestações nasais, tosse e cefaleia e aumento dos problemas alérgicos e cardíacos.

 

EFEITOS A MÉDIO E LONGO PRAZO:

O cigarro causa 30% de todos os tipos de câncer e 90% do câncer de pulmão. Além disso, foram já listadas mais de 50 tipos de doenças tabaco-relacionadas, ou seja, causadas ou agravadas pelo fumo, e muitas delas são letais. Mais alguns exemplos:

• Doenças coronarianas (25 % infartos, anginas);

• Doenças respiratórias (85% bronquite, enfisema);

• Doenças vasculares (25% derrames – AVC’s);

•Aterosclerose; Tromboangeíte obliterante; Hipertensão arterial; Infecções respiratórias; Leucemia; Catarata; Menopausa precoce; Disfunção erétil; Úlcera péptica.

• Impotência sexual; Complicações na gravidez; Ulceras digestivas; Envelhecimento precoce (rugas) e dentes amarelos; Diminuição do desempenho nas atividades físicas; Problemas vasculares e etc.

 

Entre as mulheres que fumam durante a gravidez, comparadas com aquelas que não fumam, o risco de:

• Sofrer um aborto espontâneo é 1,7 vezes maior;

• Ter um bebê prematuro é 1,4 vezes maior;

• O bebê nascer com baixo-peso é 2 vezes maior;

• Morte perinatal é 1,3 vezes maior.

 

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS AO DEIXAR DE FUMAR?

Após 20 minutos sem fumar: a pressão sanguínea volta ao normal;

Após 8 horas sem fumar: os níveis de nicotina e monóxido de carbono são reduzidos pela metade, o oxigênio volta ao normal;

Após 48 horas sem fumar: o olfato e o paladar melhoram sensivelmente;

Após 2 - 12 semanas sem fumar: o sistema circulatório melhora. Andar e correr ficam muito mais fáceis;

Após 5 a 10 anos sem fumar: o risco de derrame e de infarto do coração é reduzido ao nível de alguém que nunca fumou.

Fonte:   Redação/Agência da Saúde

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.