Bem Vindo à Agência da Saúde - 03 de Dezembro de 2020 - 10:20

Bem-estar

Viva bem e melhor adotando hábitos saudáveis

Viva melhor | 00/00/0000 00h 00min

Para viver bem e ter uma boa qualidade de vida é preciso mudar hábitos considerados impróprios à saúde, principalmente em relação a alimentação. Tenha lazer, divirta-se e descanse. O lazer significa ter prazer e, como seres sociais que somos, podemos usar esses momentos para passear com amigos, dançar, paquerar, dar risada, namorar e fazer sexo. Com isso liberamos mais serotonina, o hormônio do prazer, responsável pelo sorrisinho no rosto. Busque o prazer e a felicidade. 
 
Coma melhor
Escolher alimentos saudáveis durante as refeições ajuda não somente a emagrecer, mas a diminuir as taxas de colesterol, de triglicérides (gordura) e de açúcar no sangue, o que dá mais disposição, humor e uma aparência mais bonita. Beber bastante líquido garante pele mais hidratada e filtra impurezas do organismo.
 
Faça exercícios
Praticar uma atividade física regular ajuda a emagrecer, aumenta a força e o tônus muscular, melhora a capacidade respiratória e o condicionamento físico. O ideal é fazer de três a cinco vezes por semana, de 30 a 40 minutos. Para quem é sedentário, o primeiro passo é procurar um clínico geral, que pedirá exames de glicemia, colesterol, de pressão e frequência cardiorrespiratória. 
 
Não estresse
O estresse deve ser considerado um veneno para o corpo. Quando você vive estressado, aumenta a produção de catecolaminas e cortisol (substâncias que causam o estresse), que provocam depressão, aumento do colesterol, triglicérides e do açúcar no sangue. Isso acontece porque o organismo reage como se estivesse em perigo. Muitas doenças são causadas pelo estresse – desde reações nervosas até derrame e infarto.
 
Beba menos
O abuso de álcool pode trazer graves consequências à saúde. Como praticamente todas as bebidas alcoólicas são muito calóricas, de cara você pode ganhar uns quilos a mais se as usar frequentemente. Conhecidas como “calorias vazias”, elas engordam sem trazer nenhum benefício nutricional. O abuso pode ainda levar ao alcoolismo ou causar cirrose hepática (destruição do fígado), ambas doenças levam à morte. 
 
Pare de fumar 
Deixar o vício garante benefícios à saúde no curto e longo prazo. No primeiro momento, o ex fumante já consegue respirar melhor e fica com o paladar e olfato mais apurados. Em um ou dois anos, os riscos de ter derrame ou infarto diminuem bastante e em dez anos o pulmão melhora sua capacidade. Nunca é tarde para parar, pois o fumo contínuo e duradouro pode causar câncer de pulmão (95% dos casos são em fumantes), de garganta, língua e faringe, e, no médio prazo, pode causar o devastador enfisema pulmonar.
 
Trabalhe no que gosta
Ter bom relacionamento no trabalho, na família e estar satisfeito com aquilo que faz, proporciona saúde e bem estar.  Sentir-se realizado evita a depressão e a liberação dos hormônios do estresse (catecolaminas e corticoides), que aumentam a glicemia, as triglicérides e o colesterol, que engordam, além de causar um belo de um mau humor.
 

Fonte:   -Maria da Paz Sabino

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.