Bem Vindo à Agência da Saúde - 30 de Novembro de 2020 - 07:35

Nutrição

Cientista fala sobre os alimentos que salvam vidas

Hábitos saudáveis | 11/03/2015 09h 15min

Saber alimentar-se é meio caminho andado para se ter uma boa saúde. Os alimentos são essenciais para o fortalecimento do corpo, dando resistência ao organismo e impedindo, consequentemente, a instalação de doenças. Inúmeros estudos mostram a importância de uma alimentação correta no dia-a-dia. Há muitos anos todas as grandes tradições médicas vêm utilizando a alimentação no tratamento das doenças. Não é à-toa que Hipócrates, o pai da medicina, dizia: “que sua alimentação seja seu tratamento, e seu tratamento sua alimentação”.  
 
A alimentação é o pilar mais forte da saúde, disso ninguém tem dúvidas. Mas comer corretamente não é tarefa fácil. Será que estamos preparados para trocar a nossa alimentação? Será que queremos realmente comer de forma “saudável” utilizando apenas os alimentos que fazem bem à saúde? E aquele churrasco suculento nos finais de semana com os amigos? E a picanha com aquela gordurinha sedutora? E a cerveja ao cair da tarde? E a caipirinha no grupo de pagode comendo aquela gostosa feijoada?
 
E a nossa gula, os nossos exageros, as nossas vontades em comer as coisas boas que exalam um cheiro capaz de encontrar mais um espaço no nosso organismo para consumir a iguaria? Hum... como é difícil tudo isso! Mas chega um tempo – pelo bem ou pelo mal – que é preciso mudar de hábitos e passar a ter uma vida com alimentos mais saudáveis, com menos gordura, menos massa, menos doces, menos álcool e mais atividades físicas. Aliás, exercícios físicos são importantíssimos para saúde e bem-estar. 
 
Defesas naturais do organismo 
 
 
Em seu livro Anticâncer, o psiquiatra francês David Servan-Schreiber mostra como prevenir e vencer doenças usando as defesas do organismo, principalmente o câncer, através da alimentação. O livro tornou-se um best-seller pelos conselhos apresentados David Servan que, inclusive, enfrentou dois cânceres malignos e se curou usando a medicina tradicional aliada a uma alimentação sadia e uma melhor qualidade de vida. A seguir, vamos mostrar a “Lista dos pequenos e grandes transformadores de vida”, apresentados por David Servan-Schreiber. 
 
PROTEGER-SE
Evitar os produtos químicos industriais quando for fácil.
Arejar as roupas depois da lavagem a seco.
Evitar os pesticidas e inseticidas.
Evitar os produtos de limpeza químicos.
Evitar o alumínio em contato com a pele.
Evitar os parabenos e os ftalatos nos cosméticos.
Evitar os cremes que contém estrógenos ou hormônios placentários.
 
COMER
Comer comida orgânica.
Carne, ovos, manteiga, leite, iogurte.
Reequilibrar a alimentação. 
Reduzir o açúcar, as farinhas brancas, as fontes de ômega-6: óleo de girassol, de milho, de soja, de cártamo, margarinas, gorduras hidrogenadas, gorduras animais não orgânicas. 
Aumentar as fontes de ômega-3: peixes e crustáceos, produtos animais orgânicos ou Bleu-blanc-coeur. 
Aumentar os alimentos anticâncer: cúrcuma, chá verde, soja, frutas e legumes.
Filtrar a água da torneira ou utilizar água mineral ou de fonte limpa.
 
 
MEXER-SE 
Fazer 20 a 30 minutos de atividade física diariamente.
Tomar sol 20 minutos por dia quando for possível.
 
MEDITAR
Praticar um método de autocentragem e tranqüilidade:
Ioga, meditação em plena consciência, relaxamento etc.
 
 
LIBERTAR-SE DO SENTIMENTO DE IMPOTÊNCIA
Resolver os traumas passados.
Aprender a acolher as próprias emoções:
Medo, tristeza, desespero, raiva etc.
Aprender a deixar as emoções se dissiparem sem se prender a elas.
Encontrar uma pessoa com quem possa compartilhar as emoções.

Fonte:   -Maria da Paz Sabino

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.