Bem Vindo à Agência da Saúde - 15 de Outubro de 2019 - 01:07

Nutrição

Dicas para reduzir o uso do óleo de cozinha

Dica | 17/07/2019 09h 01min

O óleo é um integrante da mesa de muitos brasileiros. Seja ele de soja, girassol, canola ou outros, o ingrediente pode ser usado desde tempero quanto para o preparo do alimento. Na última edição do Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde, consta que, desde que utilizados com moderação, os óleos vegetais contribuem para tornar a refeição, além de mais saborosa, saudável. No entanto, seu uso em excesso traz malefícios a saúde, pois está associado ao aumento do risco de doenças do coração e dos vasos sanguíneos, embora sejam produtos extraídos de alimentos naturais.

Há várias maneiras de reduzir o uso dos óleos vegetais. Entre as alternativas mais eficientes, está o uso de panelas antiaderentes, que evita que o alimento grude, excelentes para preparar grelhados. Opções alimentares, como filé de frango, permanecem saborosas sem precisar acrescentar óleo no preparo. 

 

Reunimos cinco dicas que podem contribuir para o preparo de refeições saudáveis. Confira! 

 

1 - Evite frituras em imersão. Dê preferência para preparações grelhadas, assadas ou cozidas

2 - Os legumes podem ser refogados utilizando água e apenas um fio de óleo

3 - Em vez de utilizar óleo de cozinha para untar formas, use papel vegetal

4 - Opte pela embalagem de óleo vegetal com bico dosador para evitar que num momento de descuido saia mais óleo do que o necessário

5 - Ao temperar saladas, procure substituir óleo vegetal por limão ou azeite de oliva.

Fonte:   Agência da Saúde / Maria da Paz Sabino

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.