Bem Vindo à Agência da Saúde - 30 de Novembro de 2020 - 06:36

Nutrição

Doce vício: vontade excessiva de comer doce pode ser um desequilíbrio

Nutrição | 19/02/2014 10h 35min

Sabe aquele desejo incontrolável e inexplicável de comer chocolate, brigadeiro, aquela torta ou até mesmo pães e massas que geralmente aparece no final da tarde? Então, essa vontade tem explicação! Ela surge quando os níveis de glicose (açúcar no sangue) estão desequilibrados. 
 
A vontade incontrolável de comer doces é sinal que o organismo está com queda de glicose, conhecida como hipoglicemia, que faz com que o desejo de comer doces fique ainda maior, e assim o organismo torna-se vítima de um efeito gangorra, onde os níveis de glicose ficam ora altos, ora baixos demais. 
 
É por isso que, se você começar a comer um doce, um pão branco, ou um chocolate, acaba querendo mais. O açúcar simples presente nesses alimentos provoca aumento rápido da glicose no sangue e em consequência a sua queda rápida, assim o organismo sempre pede mais e mais. 
 
A carência de alguns micronutrientes presentes no metabolismo da glicose, como o cromo, o manganês e o magnésio pode provocar o desejo de consumir açúcar compulsivamente. O cromo, principalmente, tem ação fundamental no metabolismo da glicose, pois age potencializando os efeitos da insulina, hormônio responsável por levar a glicose para dentro das nossas células. Com a deficiência desse mineral temos os níveis altos de glicose circulando no sangue, o que deixa nossas células sem energia.
 
Um dado interessante é que mais de 80% do cromo presente naturalmente nos alimentos é eliminado com o processo de refinamento. Portanto, a melhor maneira de cortar a dependência química por doces é cortar o consumo de alimentos refinados, como pães, massas e doces.
 
A dica é: substitua esses alimentos por pães, massas e biscoitos integrais, inclua na alimentação frutas e verduras e cereais como aveia, amaranto e quinua que são repletos de nutrientes e ajudam a equilibrar o açúcar no sangue. Eles ajudam a conter a vontade de ingerir doces e não elevam o nível de açúcar no sangue como fazem os alimentos refinados.
Fique atento, gostar de doce é humano e natural, precisar de doce é desequilíbrio nutricional.
 
Katya Benedetti 
Nutricionista 
CRN 3745
Especialista em Nutrição Clínica e Metabolismo 
 

Fonte:   -Maria da Paz Sabino

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.