Bem Vindo à Agência da Saúde - 30 de Novembro de 2020 - 06:22

Nutrição

QUAIS ALIMENTOS NÃO PODEM FALTAR EM CASA?

Nutrição | 04/10/2016 09h 13min

Vejo que cada vez mais aumenta o número de pessoas que buscam mudar hábitos de vida e tentam sair de uma vida de industrializados e produtos prontos que os levam a aumento de peso e perda da nossa saúde. Muitos têm dúvidas sobre que ingredientes usar e como construir um cardápio para seu dia-a-dia. Segue algumas dicas.

1- Manteiga sem Sal

Temida por muitos, é um alimento super saudável e rico. Fonte de gordura boa e equilibrada que além de ser essencial para a membrana de nossas células é fonte de ácidos-graxos importantes para nossa saúde, para derreter em ovos mexidos e omeletes e no preparo de molhos para carnes. Use tranquilo e compre sem sal e sem corantes e conservantes. Apenas creme de leite pasteurizado (se conseguir cru, melhor).

2- Um bom Azeite de Oliva Extra-Virgem

Um bom azeite dá um sabor excelente a nossa comida é rico em antioxidantes. Compre azeites com vidros escuros, mantenha sempre bem fechado e não use para cozinhar. O azeite e qualquer outra gordura é saudável quando não oxidada, e as gorduras monoinsaturada não aguentam temperaturas altas. Portanto não aqueça nem deixe em contato com o ar nem com a luz por muito tempo. Compre garrafas pequenas e aproveite seus benefícios. Fique de olho na data de “fabricação” pois quanto mais recente, menor o risco de oxidação.

A- Busque azeites não filtrados. São deliciosos, cheios de particulas anti-oxidantes que protegem e dão sabor mais intenso ao azeite, sem falar de fazerem muito bem ao nosso organismo. Já existem algumas marcas e não costumam ser muito mais caras do que um bom azeite.

B – Fuja dos Azeites que não são extra-virgem e procure saber das marcas que foram reprovadas recentemente por estarem adulteradas ou não serem realmente azeites extra-virgem.

3- Óleo de Coco Virgem

É uma das melhores, senão a melhor gordura que conheço. Além disso aguenta altas temperaturas o que é ótimo para cozinhar sem muito risco de oxidação.

Dica: Os usos desse óleo vão muito alem da alimentação. Muitas mulheres usam como hidratante para a pele, cabelos. Pesquise sobre seus outros usos.

4- Ovos

Não pode faltar em nosso café da manhã esse que é um dos mais completos alimentos. Nada melhor que começar o dia com um bom omelete ou ovos mexidos repleto de nutrientes e vitaminas. Coma sem medo ou culpa! Ele sem dúvida fará um grande bem a sua saúde. Prefira os de galinhas caipira, criadas soltas, mas se não conseguir achar tente os orgânicos. De qualquer forma, não deixe de comer.

Resultado de imagem para ovos pela manha

5- Carnes, Frangos e Peixes

Outros que dispensam apresentações, estão presentes na esmagadora maioria das culturas tradicionais e nos servem de base desde que existimos. Com a péssima qualidade dos nossos solos, pobres em nutrientes necessários aos vegetais produzirem as vitaminas de que precisamos, a carne ainda é uma das grandes fontes de nutrientes e necessária a muitos de nós. Fonte de vitaminas e minerais, além da proteína que precisamos para praticamente tudo em nosso corpo. Não precisa exagerar na quantidade, mas no geral é muito útil para que consigamos todos os nutrientes de que precisamos no dia-a-dia. Falarei em breve minha visão sobre a alimentação vegetariana.

6- Vegetais

Bem preparados são fonte de vitaminas e minerais importantíssimos para nosso organismo. Temos de lembrar porém, que existem muitos mitos ao redor dos vegetais e que muitos nutrientes que pensamos estar consumindo, não conseguimos utilizar pois os mesmos não foram devidamente preparados. Os nutrientes que precisamos desses vegetais estão dentro de uma camada de celulose e são muitas vezes protegidos por substâncias que previnem o ataque de insetos e outros animais a essa planta. Nosso corpo, por outro lado, não consegue digerir ou quebrar essas substâncias e por isso utiliza os microrganismos que possuímos em nosso intestino para quebrá-los e retirar os nutrientes, mas isso tem um custo para nosso organismo e as vezes o preço é bastante alto.

Por esse motivo vegetais crús agem muito mais como alimentos desintoxicantes do que alimentos ricos em nutrientes. Enquanto isso, os mesmos vegetais bem cozidos ou fermentados agem muito mais como alimentos nutritivos, mesmo que muitas enzimas sejam perdidas no cozimento.

Nem sempre comer apenas alimentos crús nos faz bem, apesar de conter muitas enzimas fundamentais ao nosso corpo. Minha recomendação é, coma uma boa parte dos vegetais cozidos e outra parte deles fermentados e crus. Equilíbrio aqui é fundamental.

Quando for prepará-los, cozinhe até que a celulose seja quebrada e isso você saberá pela textura e cor dos vegetais, que ficam mais macios e com as cores levemente mais claras.

Quanto as saladas cruas, cuidado com certos tipos de alimentos como brocolis, couve-flor, couve, repolho. Coma com moderação os demais.

7- Um Bom Sal Marinho

Existem muitos minerais que precisamos em quantidades bem pequenas e que não encontramos facilmente. Isso ao passar dos anos, faz com que tenhamos deficiência em minerais essenciais que com certeza nos farão falta. Por isso a escolha de um bom sal marinho, cinza e úmido, como deve ser, é de grande importância para nossa saúde a longo prazo. O sal é um pouco mais caro quando comparado ao outro, mas pensando que utilizamos pequenas quantidades, vale a pena investir um pouco a mais em um produto de qualidade.

8- Ervas e Temperos

Não só fazem nossas refeições ficarem mais saborosas mas também acrescentam nutrientes muito importantes a nossa saúde. Se possível cultive as suas ervas e temperos em casa. Nada melhor do que preparar um bom jantar com ingredientes que nós próprios cultivamos e colhemos. Não pode faltar Alecrim, salsa, orégano, manjericão.

9- Alimentos Fermentados

Não muito comuns em nossa cozinha nos dias atuais, já foram fundamentais a praticamente todas as culturas ao longo de milhares de anos. Eram a forma de nossos ancestrais preservarem diversos alimentos sem correrem o risco de estragarem ou de lhes faltarem em épocas de escassez. Essa é a parte que talvez, por causa de nossas geladeiras, seja dispensável. Mas os benefícios desse tipo de cultura não é só para conservá-los por mais tempo. O maior benefício desses alimentos está no  fato de serem alimentos vivos, repletos de microrganismos amigos e fundamentais a nossa saúde. Acredite ou não, mas grande parte do que somos são bactérias e outros microrganismos. Temos muito mais desses microrganismos em nosso corpo do que células. E o maior abrigo para essa flora inacreditável são nossos intestinos. E podemos ter uma certeza: caso eles não estejam bem, todo resto vai mal! E por isso alimentos fermentados (probióticos) são fundamentais se queremos cuidar do nosso corpo. São impressionantes os benefícios que conseguimos quando adicionamos esses alimentos em nosso dia-a-dia.

10- Uma Água de Qualidade

É fundamental que tenhamos acesso a uma água de qualidade. Águas de garrafas nos fazem mal principalmente por causa das substâncias que essas garrafas liberam na água. A recomendação aqui é comprar um bom filtro, que retire as partículas indesejáveis, bactérias e outros microrganismos patogênicos além do cloro que nos faz imenso mal a saúde.

Resultado de imagem para beba agua

Com certeza muitos alimentos importantes ficaram de fora, mas tentei me concentrar nos 10 que mais utilizo no dia-a-dia e que nos ajudam a manter nossa saúde e a recuperar os danos feitos ao longo de anos comendo errado.

Fonte:   Nutrição do Futuro

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.