Bem Vindo à Agência da Saúde - 30 de Novembro de 2020 - 06:04

Nutrição

Vitamina D e sua importância para o organismo

Nutrição | 08/02/2016 16h 00min

O nosso corpo necessita de várias vitaminas para se manter saudável, sendo que cada uma tem a sua função para o corpo e a mente. Quem quer ter os ossos fortes tem necessariamente que utilizar-se dos benefícios da vitamina D, que favorece a absorção do cálcio, sendo importante também para fortalecer os dentes, além de evitar o raquitismo.

Estudos mostram que os indivíduos com maior propensão a desenvolver doenças relacionadas à falta de vitamina D no organismo são os bebês prematuros, crianças e os idosos, quando não têm uma boa alimentação e não pegam sol com frequência. Um adulto saudável precisa consumir, em média, 5 microgramas por dia de Vitamina D e garantir uma exposição à luz solar de 20 minutos por semana, sem o uso de protetor solar.
 
A vitamina D é ativada pela exposição solar,  sendo também encontrada em alimentos como: 
 
  • Leite e seus derivados
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Arenque, salmão, sardinha e camarão
  • Gema de ovo
  • Queijo cheddar
 
Entre tantas atribuições, a vitamina D serve também para aumentar a absorção do cálcio no organismo, diminuindo o risco de doenças, como raquitismo, osteomalácea e osteoporose, por exemplo. Mas, além disso, ela diminui o risco de doenças cardíacas, combate a enxaqueca, a tensão pré-menstrual e ajuda a emagrecer.
 
A dose diária recomendada de vitamina D varia de acordo com a idade e com o local onde se vive, por causa da carência ou não de luz solar durante o ano. Em média, um adulto precisa consumir 5 microgramas por dia e garantir uma exposição solar, sem o uso de protetor solar, de 20 minutos por semana, no mínimo. Os idosos, em geral, devem consumir 10 mcg por dia de vitamina D.
 
Os sintomas da baixa concentração de vitamina D no organismo:
 
  • Diminuição do cálcio e do fósforo no sangue;
  • Fraqueza muscular;
  • Tetania;
  • Moleira aberta após o 1º ano do bebê;
  • Irritabilidade, inquietação, anorexia e suor excessivo podem surgir nas crianças;
  • Osteoporose nos idosos;
  • Raquitismo;
  • Osteomalácea;
  • Pernas tortas.
 

 

Fonte:   -

Veja também

Guia da Saúde

Encontre um profisional de saúde pela especialidade, nome ou cidade.